quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Por quê você corta o rabo do peixe?

Revendo os conceitos.

Conta-se a história da moça que se casou com um fazendeiro rico, cujo hobby era pescar aos domingos pela manhã e a seguir levar o que pescou para o almoço.

No primeiro domingo de sua vida de casado, foi ele para o rio; naquele dia pescou um belo e grande peixe.

Voltou para casa todo orgulhoso, levando o seu pescado para a esposa preparar. A jovem dona de casa fez o almoço com todo o carinho e esmero e pôs a mesa. Qual não foi a decepção do fazendeiro! Seu bonito peixe não foi servido inteiro; estava cortado próximo ao rabo!

Ele, decepcionado, pergunta-lhe:” Por quê você cortou o rabo do peixe? Eu gosto que ele seja servido inteiro, em um bandeja”.

E ela responde:”Eu aprendi assim com minha mãe e sempre fiz assim”.

Ela vai até sua mãe e lhe pergunta por que corta o rabo do peixe;sua mãe diz que também aprendeu com a mãe.

Não conformada com a resposta, a jovem dona de casa procura sua avó, que também lhe dá a mesma resposta. Ela então vai à sua bisavó, que lhe responde:”Eu sempre cortei o rabo do peixe porque minhas panelas eram muito pequenas e não comportavam o peixe inteiro”.

Hábitos aprendidos, que são repassados à geração seguinte, sem questionamento, sem reflexão. Nossa vida está cheia de exemplos assim. Temos comportamentos, costumes, que julgamos corretos só porque a maioria faz, mas nunca paramos para analisar se verdadeiramente são corretos; vivemos o que aprendemos e seguimos em frente sem questionar a verdade.

Por quê a maioria das mulheres optam pelo aleitamento artificial, pelas mamadeiras para alimentarem seus bebês???

Por quê um ato ecológico, tão natural, como o aleitamento materno, foi substituído pelas mamadeiras???

Você quer mesmo saber? Então venha comigo!

Os avanços tecnológicos possibilitaram a utilização do leite de vaca em larga escala, incluindo a produção de leite em pó. O aleitamento materno que, até então, era um fenômeno de natureza biológica, passa a ser controlado por leis de mercado. INFELIZMENTE, pois isso custou a vida de milhares de crianças, produzindo em outros milhares a desnutrição, com suas graves seqüelas por toda a vida.

É claro que foi bom o avanço tecnológico de se ter uma opção de leite para os raríssimos casos em que a amamentação fosse inviável, mas daí infiltrar-se sorrateiramente no subconsciente de populações inteiras, mudando o curso natural da vida, é no mínimo desumano.

A indústria de leite em pó precisava de um mercado consumidor para os seus produtos em franca expansão.

Ela começou então o seu marketing, colocando uma dúvida nas pessoas quanto à quantidade e qualidade do leite materno, passando de forma subliminar, a idéia de que algumas mulheres podem ter leite fraco e ou produzir pouco leite.

Vejam a propaganda abaixo do ano de 1921. Cliquem na imagem para ler o conteúdo. A propaganda é bem astuta: "Se a senhora não tem leite ou tem leite fraco ou de qualidade inferior, use o LACTÍFERO..."

Está mais do que provado que não existe leite fraco, nem mulher que produz menos, mas uma propaganda dessa com o cunho científico "PRECIOSA DESCOBERTA DA FHARMACEUTICA JOANNA STAMAIO BERGAMO", gera insegurança no aleitamento materno.

Mais uma propaganda, afirmando que o aleitamento sem um "tonificante"é insuficiente para a nutrição das crianças...
Mais um "tonificante"...
Aqui, 1933, já a propaganda do próprio leite em pó, Nestogeno, anunciado também com um cunho científico..."a mesma fórmula que tem feito o prestígio do Nestogeno entre os médicos pediatras do mundo inteiro".
(Na verdade achei este bebê com a carinha muito triste; acho que sua expressão facial profetizava o que estava para acontecer com milhares de bebês no mundo inteiro.)
Outro leite anunciado com ênfase no aspecto científico "Empregado pela classe médica há mais de um terço de século". É tudo bem sutil... Vejam que agora a propaganda não está somente em uma revista leiga, mas em uma revista médica...
Mais uma vez os produtos são apresentados com a idéia de racionalidade e ciência.
A propaganda que agora gera dúvida no Pediatra, sobre a quantidade e qualidade do leite materno.
Mais propaganda para o Pediatra, enfatizando a simplificação na recomendação do leite em pó para TODOS os bebês, "no estado normal e no patológico".
E aqui a idéia de que o médico é que sabe qual leite recomendar ao bebê. Paralelamente a indústria continua bombardeando a classe médica com sua campanha publicitária. Leiam o conteúdo desta propaganda.
Aqui a propaganda de que o leite em pó pode ser oferecido logo após o nascimento...
O leite em pó é apresentado como um super alimento...
... semelhante ao leite materno...
... e que deve ser usado como complementação do aleitamento materno...
... reforçando o conceito da utilização da mamadeira, desviando completamente o foco do aleitamento materno...
... que já se tornou desnecessário, pois a indústria tem uma linha completa para o primeiro ano de vida, mantendo sempre a idéia de ciência a serviço da nutrição.

(Fonte: "Repensando a desnutrição como questão social" Paulete Goldenberg
2a edição. Editora da Universidade Estadual de Campinas).

Meninas, esta história é longa; continuo depois. Deu para entender um pouco porque a mamadeira é tão difundida? Meros interesses comerciais.

Vamos ao caso real de hoje: ANDREIA LICA do blog "Renovando e Reciclando". Gente, passem lá para conhecer esta mulher maravilhosa, um amor de pessoa, com um blog cheio de coisas fofas, que nos inspiram a enfeitar nossas casas.

(Andreia amamentando seu baby SUPER FOFO. )

ENTÃO, FALA ANDREIA!
"A gravidez da Gigi foi planejada, com todos os acompanhamentos médicos, mas senti falta de calor humano...é verdade, pois engravidei e tive a Gigi no Japão.
Durante o pré natal, o médico e as enfermeiras diziam que era preciso formar o bico do peito, que sempre ao tomar banho era preciso apertar e depois passar alguma esponja ou a toalha seca para daratrito para o bico ir se acostumando...e eu pensava: Ah...deve ser bobeira, não vai doer nada, eu vou amamentar tranquilamente....rsrsrsrs ledo engano...
Gigi nasceu dia 22 de setembro às 21:47hs, com 3.970kg, depois de mais de 10hs de trabalho de parto, nasceu de parto normal...e quando digo normal...é normal mesmo, pois no Japão fazem cesariana só em casos extremos, e não há aplicação de peridural, somente anestesia local, logo após o nascimento eles fazem a criança sugar o peito da mãe para tomar o "primeiro golinho" do colostro. Após 4 horas do parto eu ja estava andando e fui buscar a Gigi que estava no berçario, no começo, tudo normal.
Mas com o passar dos dias, meu bico começou a rachar...pensei...Ah se tivesse ouvido os conselhos médicos não estaria sofrendo...usei pomada, bico de silicone, mas só o tempo e a adaptação é que fizeram melhorar, vamos dizer que eu e a Gigi pegamos o jeito...rsrsrs, Gigi sempre foi muito tranquila, mamava bem e dormia quase que a noite toda...a última mamada era por volta das 23:00hs e ela dormia até as 05:00hs...o que era muito bom, pois assim eu podia descansar...
No Japão muitas mães param de amamentar logo no primeiro mês e ja introduzem leite artificial.

A gravidez da Gabi, foi acompanhada pelo mesmo médico que acompanhou e fez o parto da Gigi, foi uma gravidez tranquila tbm, mas com a diferença que eu tinha outro "nenem" em casa.
Gabi, nasceu dia 12/04/1999, às 9:40hs da manhã, com 3.950Kg, o trabalho de parto foi super rápido, bem diferente da primeira vez...e eu ja sabia como era, foi parto normal também.
A amamentação da Gabi foi mais tranquila, meu bico tbm rachou,mas bem menos do que a primeira vez.

A
gravidez do Gustavo foi tranquila, eu estava com 32 anos, bem mais experiente, e achei muita coisa diferente do Japão, pois lá em todas as consultas eu fazia ultrasson, aqui não, tinha que passar no médico, pegar a guia e ir em outro médico...não gostei...mas...temos que nos adaptar.
Gustavo nasceu dia 04/06/2008, às 03:30hs, com 4.320kg, de parto normal também. Só que aqui foi diferente, pois deram anestesia peridural, nossa...bem melhor...menos dor...
Ele foi para o quarto pela manhã e ja mamou, senti diferença pois ele era muito guloso, sugava bem mais forte que as meninas...O Gustavo também foi super tranquilo, dormia a noite toda, mamava por volta da meia noite e ia até as 6:00hs. Engraçado que até 1 ano,ele nunca havia ficado doente, foi só parar de amamentar que veio a primeira doença...a pediatra ja havia alertado.
A amamentação me deixou mais próxima das crianças, pois quando sentava na poltrona para amamentar era um tempo só meu e deles, eu ficava olhando pra eles, sentindo um amor grande, sabia que só eu e eles é que podiamos sentir isso. Essa é a minha história, 3 gestações, 3 amamentações e 3 vidas totalmente diferentes".

Andreia, querida, obrigada por participar do "Papo Inteligente de Grávida". Beijos para você e suas mais lindas obras de arte: Gigi, Gabi e Gustavo!

Meninas, beijos para vocês e uma semana cheia de bençãos do nosso Criador!
Aguardo novos depoimentos de aleitamento materno para o próximo "Papo Inteligente de Grávida", tá? Você quer ser a próxima???


40 comentários:

Mery Vale disse...

Oi Amiga,
passando para te desejar um Feliz Natal e um Ano Nove repleto de alegrias com muita paz,saúde e amor para você e sua família,que Deus abençoe sempre á todos!
Beijos carinhosos,
Mery

orvalho do ceu disse...

Olá, amiga
Hoje, Domingo, está postado o meu cartão virtual para você que me acompanha com tanto carinho e amizade nesse ano de 2010...
Obrigado pela amizade e que Deus recompense seu incentivo ao meu Blog!!!
BOAS FESTAS!!!
Abraços e bjs festivos
Roselia

Beth disse...

Oi Lucia.
Que belo post,cheio de conteúdo importantíssimo!!Uma palavra muito boa e esclarecedora!
Obrigada por partilhar essas informações!
Tenha uma semana de Paz,
Bjs.

Cida Kuntze disse...

Oi Lúcia querida!
Que post maravilhoso amiga, muito esclarecedor. Adorei!

Gostaria de desejar a você e a sua família um natal muito abençoado e que o Senhor renove as nossas forças pra entrarmos em 2011 com muitas esperanças nEle.
Beijos amada.

Andreia Lica disse...

Maria Lucia,

Primeiramente, quero agradecer por poder dar meu depoimento e participar da coluna, pois acho que o aleitamento é necessário e muito pratico. Acho importantíssimo as informações colocadas pois muitas mães por preguiça ou por desconhecimento, deixam de dar o alimento que mais ajuda seus filhos (amor). Eu graças`à Deus pude amamentá-los e mesmo com as dificuldades, sabia que era importante para eles.
Parabéns.

Bjão

Doce Ateliê disse...

Amiga amada,
que post !!!!!
Lendo o que vc postou, fiquei pensando em um outro fato nas nossas vidas que muitas vezes também seguimos os outros sem nem saber pq. Na vida espiritual.
Que maravilha poder ter esclarescimentos tão precisos.Obrigada mesmo.
Uma ó-te-ma semana !!!!
beijo de suas amigas do Acre

Casadavi disse...

Pena as mães de hoje deixarem de lado a amamentação,claro que não é tarefa fácil mas vale a pena !!!!
Amamentei o primeiro por quase três anos e os outros dois até proximo dos dois anos....só ganhei com isso, são super saudaveis graças a Deus !!!
Bjim

Ana Maria ( Jeito de Casa ) disse...

oi Maria Lúcia

Que ótima postagem!!!
Vou te confessar, fiz redução de mamas aos 18 anos e não consegui amamentar meus filhotes.
Talvez se insistisse mais, não sei ao certo o que aconteceu, mas com meu filho mais velho foi um trabalhão a troca de leites, as cólicas, o coitadinho sofreu muito...
Outro dia vc comentou como minha filha cresceu, está quase do meu tamanho... está com umas belas pernas compridonas..rsrss

bjus amiga,
Ah, adoro uma colinha de peixe bem fritinha..rsrs

ANA LÚCIA disse...

Que texto inteligente miga! Tudo a ver... Aleitamento antes de tudo é um ato puro de "amor"! Vale muito a pena amamentar!... Lhe desejo um belo e Feliz Natal!
Abçs,
Ana

So artes disse...

Que lindo post Lu, adorei e apoio!
Também quero lhe desejar um lindo Natal e um ano novo cheio de felicidades, paz e amor!
beijinhos carinhosos
So

Adelaide disse...

Olá, Maria Lúcia! Adorei esse papo de gravida, embora eu "nunca mais". Lembrei-me de qdo amamentei minha filha e meu seio partiu deixando-me em prantos por crer que o fato de minha bb tomar leite com sangue poderia deixa-la doente...rsrs (mãe de primeira viagem) Liguei chorando para um serviço que tem em Curitiba para as mães (isso a 13 anos atrás) e eles me ensinaram a usar a parte interna da casca da banana verde, como cicatrizante....marido rodou a cidade inteira a procura da banana verde (só achava madura...rsrs) até o verdureiro do bairro fez contatos e conseguiu, apliquei a noite na manhã seguinte estava tudo perfeito...
O lado gostoso de ver essas mães contando suas histórias é reviver as nossas.
Tenha uma ótima semana!
Abraços

Fabiana Tardochi disse...

Oi amore! Vim agradecer o seu lindo comentário me parabenizando pelos 12 anos de casamento. Fiquei muito emocionada com toda a demostração de carinhos das minhas amigas queridas. Muito obrigada por fazer parte do meu mundo este ano!
Aproveito para dizer que a Andréia é uma querida mesmo e que legal conhecer um pouco mais da vida dela como mãe.
Não esqueci de vc não. Tem um bilhetinho bem aqui na minha frente que diz assim: fazer um post lindo para minha amiga Maria Lúcia sobre a minha experiência com a amamentação! .Só que vai ter que ficar para o ano que vem, tudo bem?
Grande beijo!

Fabiana Tardochi disse...

Acho que vc estava no meu blog e eu no seu rsss. Eu não consigo mexer no computador nos finais de semana, então eu respondo e agradeço meus comentários na segunda feira . Eu amo seu recadinhos viu. Grande beijo♥

nemacharmosa disse...

Oi Amada Que belo insentivo este post
se todas mamães pudessem praticar este ato de amor, pois considero amor maior, de proteção e amparo a criança seria maravilhoso.
Parabéns.
Um feliz e abençoado natal para você e tua família.
Beijos

Maria Célia disse...

Oi Maria Lúcia
Informações importantíssimas para as futuras mamães.
Eu amamentei as minhas filhas pouco, a mais velha 6 meses, assim mesmo, intercalando com mamadeira. A 2ª só 1 mês, ela não engordava, aí o pediatra mandou dar leite de vaca.
Era uma trabalheira, uma ferveção de mamadeira, duas crianças, pois a diferença entre elas é de 1 ano e 5 meses.
Mais enfim, já passou, e elas são super saudáveis, graças a Deus.
Beijo.

So artes disse...

Oi Lu, amamentei a segunda e a terceira sim, posso sim contar a minha historia amiga, mas vou precisar de tempo...estou com a minha mudanca chegando esses dias, na vespera do Natal..ai ja viu a confusao, né? :)
e realmente meu marido tem um mar de mulheres em volta...tadinho :)
beijinhos querida
So

Anita disse...

Oi amiga, adorei a matéria,gosto muito da Lica é uma mulher mto especial,mas não conhecia sua fase de amamentação,adorei.
Quero aproveitar pra te mandar um bj de Feliz Natal. Que o Senhor te conceda uma noite de mta paz!!!

Uvinha disse...

Nossa que lindo!
Realmente precisamos rever o que temos cortado sem necessidade... rever conceitos e questionar mais, entender o porque e fazer algo pra mudar... tomar CHA (Conhecimento, Habilidade e Atitude).
Ótimo natal e tudo de mais lindo que desejar.

RENATA REIS disse...

LINDO E SUPER IMPORTANTE POST, BEIJOS,UM FELIZ NATAL!!!!

Pra.Thaís Itaborahy disse...

Otimo post e incentivador.

Aqui nos Estados Unidos a formula tomou conta e até os médicos incentivam a mãe dar um "complemento"ao seu baby.

Eu tenho comigo que a amamentação não 'so é um alimento físico que todos os babies precisam, mais sim um calor materno, que todos os filhos precisam para sempre.


Um abraço em vcs. estou te seguindo.

Pra Thaís
www.palavradevidaaocoracao.blogspot.com

Rita Silva disse...

Olá minha mais nova amiga e irmã em Cristo!!!
Amamentar é preciso,,,rs amamentei minha filha no peito até 1 ano e 1 mês, isso pq ela não quis mais, mas minha vontade era de continuar amamentando até os 2 anos...SOU A FAVOR DA AMAMENTAÇÃO NO PEITO É UM MOMENTO ÚNICO, SINTO FALTA...RS

TENHA UM 2011 MUITO ABENÇOADO, CHEIO DE BENÇÃOS DO SENHOR...E QUE JESUS POSSA A CADA DIA NASCER EM NOSSOS CORAÇÕES, RENOVANDO E CONFIRMANDO NOSSA FÉ A CADA DIA DE 2011...
AO ÚNICO DEUS, SALVADOR POR JESUS CRISTO NOSSO SENHOR...ALELUIA, ELE VIVE!!!
BJUS

Pra.Thaís Itaborahy disse...

Olha, fiquei super feliz com sua visita. Que lindo que gostastes do blog.

Foi criado com um propósito.

No fato familiar, eu creio que para todos nós o maior desafio é dentro da sua propria casa.

Foi assim para Jesus também.

Mas graças ao Senhor que tem nos guardado firmes e constantes na sua presença, nos admoestado nos seus senatos caminhos e ensinado-nos a viver de acordo com a sua vontade.

Tenho certeza de que com você não é diferente.

Amei o conteúdo do seu blog. Durante minhas 3 gravides eu consultei um site diariamente, tentando apreender mais sobre newborns.

Deus te abencoe minha irmã.
Desde de já um ótimo natal para ti e toda sua família.

Que o amor de Deus e a paz do Senhor estajam sobre a sua vida, Amém.

Pra Thaís Itaborahy
www.palavradevidaaocoracao.blogspot.com

Desculpa o tamanho do livre. hehheh

PAULINHA SALES disse...

Olá Maria Lúcia, tudo bem???

Eu e a FLOR DE CHITA desejamos a você:
Um dia de NATAL iluminado;
365 dias de plena Felicidade;
52 semanas de Saúde e Prosperidade;
12 meses de muuuuiiito Amor e Carinho;
8760 horas de Paz, Harmonia e Melodias;
E 2011 motivos para você Sorrir...

Milhões de flores coloridas para você!!!

Um FELIZ NATAL e um ANO NOVO repleto de realizações e muuuiiito suce$$o...

Beijinhos mais que carinhosos...

Paulinha Sales
www.flordechitadeamargosa.blogspot.com

Erika Valéria disse...

É a 1ª vez que visito seu blog. Amei!
Boas Festas pra vc e sua família.

Ana Carla disse...

Oi Malu!! Com certeza a minha casa vai ficar mais bonita com os mimos que ganhei de vc!!! Mais uma vez obrigada amiga!!
Ah! Vou ficar esperando o seu endereço, hein?! Beijos e Deus a abençõe!! Ana Carla

Cida Kuntze disse...

Oi Lúcia!
Vou anotar o teu e-mail e assim que der eu faço um texto contando a minha experiência com a amamentação ok amiga. Obrigado pelo convite.
Agora vou passar uns dias na minha sogra, mas assim que eu voltar eu escrevo.
Um beijo enorme e um natal e 2011 cheio de bençãos e vitórias no Senhor pra você e sua família.

JOANA CAMPOS disse...

Passando radipex para lhe desejar BOAS FESTAS...na companhia de pessoas amigas, e na melhor compania possível, vc mesmo!

Esses são os meus votos para 2011, que vc seja a melhor companhia possível para vc mesmo....

Feliz natal e um 2011 porreta! cheio da presença de Deus!

Beijos

Joana Campos

Andressa Bragança disse...

Oi lindeza. Voce sumiu heim?
Saudades de vc.
Beijoquinhas
Andressa
Shalom

Beth disse...

Oi Lúcia querida.
Passei para desejar a você e sua família um doce Natal na presença do Senhor Jesus!!
Bjs.

Izabel Biali disse...

Oi Querida Maria Lúcia,

Passei para desejar a você e toda sua família um maravilhoso e abençoado Feliz Natal e que 2011 traga muitas realizações.

Beijo
Izabel

vanusaD disse...

olá querida!
Passando aqui pra te desejar um feliz natal e que Deus possa abençoar abundatemente a vc toda a sua familia neste, com muito amor carinho e felicidade!!
beijos!

Cintia Branco disse...

Maria Lúcia,
Quero agradecer todo o carinho e desejar a você e sua família, um Natal abençoado e um 2011, único e especial.
Beijão!

Isis disse...

Oi Maria Lúcia...
Muito interessante este post.
Minha mãe só me amamentou por alguns dias porque "o leite dela era fraco".
Eu tinha até uma foto muito legal feita no quintal de casa onde ao fundo foram emplilhadas pilhas de latas de leite em pó e eu sentada à frente delas...rsrsr
Beijos...

ANA REGINA disse...

Amiga!
Um Natal repleto de luz, que Jesus ampare sempre nossa caminhada.
Os amigos são os verdadeiros presentes de Deus.
Bjks no coração

Daniele disse...

Oi, amiga!
Um feliz natal e um ano novo repleto de saúde e paz.
Beijo grande, Dani

Iêda Klein disse...

Olá amiga!
maravilhosa é pouco para esta postagem sem falar no seu comprometimento com a volta da lucidez materna. Parabéns!!!!E Boas Festas!
Segundo o Papa Bento XVII, "o natal é uma profecia de paz para cada ser humano".
Que assim seja em seu lar, em seu trabalho e em seu lazer.
Beijos, Iêda

Helena Garcia disse...

OI, minha amiga queridaaaaaaaaa!!

Saudades de vc, amada...
Como passou seu Natal ? Espero que bem !
Aqui em casa passamos meio tristes porque morreu nossa calopsita ( o Chiquinho) bem no dia 23/12..


Querida, quero aproveitar e te desejar um maravilhoso ano de 2011 cheiiiiiinho das bênçãos de Deus na sua vida e da sua família e que nossa amizade se fortaleça ainda mais!

Um beijão
Helena
http://diaadiacorridinho.blogspot.com

Biula disse...

Oi, Maria Lúcia!

Passando para desejar que o Ano Novo seja mais um ano de bênçãos renovadas em sua vida e de sua família! Muita paz, saúde, amor e fé!
Feliz 2011!

Beijos,

Vicentina disse...

Adorei a historia da Andreia, sabe que tbm amentei meus 3 filhos e que todos foram de parto normal?
O mais velho amamentei por 6 meses, era marinheira de primeira viajem e achava que tinha que ser só até esta idade. Já o segundo amamentei por 8 meses, mas devido a um estress meu leite secou. A caçula mamou por 1 ano e meio rsrs andava pra todo lado e vinha mamar, eu pensei vai ser a ultima deixa ela aproveitar. Hoje estão com 39, 37 e 33 anos. Graças a Deus todos fortes saudáveis e sem nenhum vício.
Passei aqui pra te desejar um FELIZ ANO NOVO, com muita saúde, paz e prosperidade.
Bjs

Priscila Leite disse...

OLÁ QUERIDA JÁ ESTOU SEGUINDO O BLOG. bOM FIM DE SEMANA.

http://meublogpessoalpriscilaleite.blogspot.com/