sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

O Gólgota ...

...Ou Lugar da Caveira.

22" Levaram Jesus ao lugar chamado Gólgota, que quer dizer lugar da Caveira.

23 Então lhe deram vinho misturado com mirra, mas ele não o bebeu.

24 E o crucificaram. Dividindo as roupas dele, tiraram sortes para saber com o que cada um iria ficar.

25 Eram nove horas da manhã quando o crucificaram.

26 E assim estava escrito na acusação contra ele: O REI DOS JUDEUS.

27 Com ele crucificaram dois ladrões, um à sua direita e outro à sua esquerda,

28 e cumpriu-se a Escritura que diz: "Ele foi contado entre os transgressores"

29 Os que passavam lançavam-lhe insultos, balançando a cabeça e dizendo: "Ora, você que destrói o templo e o reedifica em três dias,

30 desça da cruz e salve-se a si mesmo!"

31 Da mesma forma, os chefes dos sacerdotes e os mestres da lei zombavam dele entre si, dizendo: "Salvou os outros, mas não é capaz de salvar a si mesmo!

32 O Cristo, o Rei de Israel... Desça da cruz, para que o vejamos e creiamos!" Os que foram crucificados com ele também o insultavam.

33 E houve trevas sobre toda a terra, do meio-dia às três horas da tarde

34 Por volta das três horas da tarde, Jesus bradou em alta voz: "Eloí, Eloí, lamá sabactâni?", que significa "Meu Deus! Meu Deus! Por que me abandonaste?"

35 Quando alguns dos que estavam presentes ouviram isso, disseram: "Ouçam! Ele está chamando Elias".

36 Um deles correu, embebeu uma esponja em vinagre, colocou-a na ponta de uma vara e deu-a a Jesus para beber. E disse: "Deixem-no. Vejamos se Elias vem tirá-lo daí".

37 Mas Jesus, com um alto brado, expirou.

38 E o véu do santuário rasgou-se em duas partes, de alto a baixo.

39 Quando o centurião que estava em frente de Jesus ouviu o seu brado e viu como ele morreu, disse: "Realmente este homem era o Filho de Deus!" Marcos 15:22-39


Olá gente querida! Continuando a contar-lhes sobre a nossa viagem a Israel, hoje vou lhes mostrar o Gólgota ou Lugar da Caveira, onde o Senhor Jesus Cristo foi crucificado...O sentimento ao visitar este local é de muita reverência...ali Jesus padeceu a morte de cruz, em nosso lugar.

Como está escrito: "Mas Ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniquidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre Ele, e pelas suas feridas fomos curados.

Todos nós, tal qual ovelhas, nos desviamos, cada um de nós se voltou para o seu próprio caminho; e o Senhor fez cair sobre Ele a iniquidade de todos nós. Ele foi oprimido e afligido; e, contudo, não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado para o matadouro, e como uma ovelha que diante de seus tosquiadores fica calada, Ele não abriu a sua boca...

Ele justificará a muitos, e levará a iniquidade deles...porquanto derramou sua vida até a morte"... Isaias 53

Aqui, a Via Dolorosa, por onde Ele passou em direção ao Gólgota...

Esta placa fica no local de sua crucificação...
Aqui um cartaz do monte com aspecto de caveira...
...uma visão mais próxima do próprio monte...
...E aqui mais distante um pouco também do próprio monte...
Queridas, é este o post que tenho para vocês hoje, e desejo que a paz de Cristo encha o coração de cada uma que passar por aqui.
Beijos.

16 comentários:

Paula Oliveira disse...

Olá Maria Lúcia! Bom, não tenho como não chover no molhado, sempre acabo dizendo o mesmo: estas fotos me emocionam... fico imaginando a sensação de estar no lugar onde aconteceu tudo isso, deve ser algo muito especial!

Tenha um ótimo final de semana!!

Grande beijo!

Paula =)

martins111 disse...

Irmãos é hora de se preparar para o dilúvio de fogo. Deixa de sonhar sobre o sepulcro. Jesus já ressuscitou. Se prepare para recebê-lo. A paz.

dollystar disse...

Amada, essa parte é a que mais me sensibiliza no envangelho, impossível lê-la sem visualizar a via crucis, nosso Amado sendo chicoteado, sofrendo pela nossa rendição..é comovente, tocante demais e imagino, vivê-la in loco, o quantas emoções e meditação desperta.
Obrigada por partilhar mais esse momento dessa incrível viagem.
Beijocas Sonia

Maria Lúcia disse...

Olá! Paz do Senhor Jesus!
Obrigada pela visita ao meu blog.
Meu irmão, tenho, juntamente com meu marido, me preparado para o fim desta era e início de outra gloriosa, o Reino eterno de paz sem fim do nosso amado Senhor Jesus Cristo. Estudamos muito as profecias de Daniel e Apocalipse, e estamos bem informados acerca da batalha final no vale do Armagedom, que será, a princípio, deflagrada pelo conflito Árabe Israelense.
Só para lhe esclarecer sobre o comentário que fez no meu post: Ali eu estou apenas mostrando os lugares que visitei em uma viagem recente a Israel, e não se trata do sepulcro, mas do local onde Jesus foi crucificado.
Os meus olhos estão fixos no Cristo Ressurreto, que, em breve, voltará, mas para falarmos ao mundo sobre Jesus, precisamos falar sobre toda a sua vida,para que as pessoas possam, então, entender o fim.
Mais uma vez, obrigada pela visita.

Anônimo disse...

Meu querido irmão, João Martins. Fazendo côro às palavras de minha esposa, que se encontra no Brasil e eu em Argentina, gostaria de lhe dizer que fiquei muito feliz sobre seus comentários, principalmente quando acessei o seu blog e verifiquei suas declarações de amor por Deus e por seu Filho Amado,Aquele que veio para nos revelar o Pai e pagar o preço por nossos pecados. Mais feliz ainda fiquei quando vi que você é advogado, pois também o sou, sendo certo que, nada obstante essa maravilhosa profissão, o que me importa realmente é conduzir as pessoas à Deus, através de seu filho Jesus Cristo. Estou na Argentina em um curso de doutorado e, de igual modo, estou preparando minha tese sobre a suposta laicidade do Estado e suas ingerências aos direitos fundamentais, constitucionalmente garantidos, mormente o da crença religiosa e o direito livre de exercê-la. Gostaria de manter contato com o irmão para falarmos mais minudentemente sobre a Palavra de Deus e o Direito, tendo grande interesse em sua matéria já escrita. Um grande abraço e sentimo-nos honrados de ter escrito no blog, notadamente por haver deixado registrado sua preocupação com aqueles que, infelizmente, não entenderam o grande amor de Deus por todos nós. Fraternalmente, ADILSON DE CASTRO - OAB-MG 88.121

REGINA disse...

MARIA LÚCIA, SOU ENFERMEIRA E JÁ FIZ UMA PEREGRINAÇÃO PARA PORTUGAL, ITÁLIA E ISRAEL(TERRA SANTA). ME EMOCIONEI AO RELEMBRAR O QUE VIVENCIEI EM 18 DIAS. NUNCA IREI ESQUECER. ADOREI CONHECER SEU BLOG. VISITE O MEU:
http://cantinhodaenfermeiraregina.blogspot.com
ABRAÇOS PERFUMADOS
REGINA

MIUÍKA disse...

Amiga é impressionante este teu post e dá que pensar,deve ser uma sensação única e tu soubeste aproveitar bem.
Um bom Domingo e um beijinho...MIUÍKA

Silvana disse...

Olá Fofa de Plantão do meu coração!

Adorei sua visitinha e esse relato me emocionou. Vc consegue mesmo passar em palavras tudo que sentiu nessa visita. meus parabéns por ter tido o privilégio de alcançar esse sonho.

Agora é um recado para o ADILSON que escreveu no teu blog:

Eu acho que o estado tem de ser laico, amigo.

Religião e governo não devem se misturar. Já tivemos (e ainda temos pelo mundo afora) o exemplo de que isso não funciona.

Do mesmo modo que vc me parece uma pessoa ponderada, amanhã poderá aparecer um maluco tipo xiita para romper tantas conquistas que alcançamos. O melhor é manter cada qual com sua liberdade religiosa - inclusive o prórpio estado...

Beijoooo

Simone disse...

Oiê... Passei para agradecer o comentário, adoro quando você passa no meu cantinho para me visitar. Saiba que sempre estou por aqui também, ás vezes na correria acabo não deixando recadinhos.
Tenha um ótimo final de semana, abençoado por Deus.
Bjos!!!

Maria Lúcia disse...

Silvana, querida, meu marido também acredita que o Estado tem que ser laico; não foi isso que você entendeu no comentário dele?
Beijos.

Silvana disse...

Oi fofa Sem Plantão!

Nossa, mil desculpas: NÃO SAIBIA QUE O ADILSON É TEU MARIDO!! Achei que era apenas mais um comentarista do blog e entrei no meio do assunto...rs

Afff....sou pagadora-mór de micos....hehehe

Eu entendo o que ele disse, mas apenas entrei de intrometida no assunto para palpitar pq tb sou advogada. Talvez eu não tenha me expressado corretamente.

Então vc tá de folga queridonma? Beijão para o filhote aí do lado!

Beijooo

Silvana disse...

Lúuu!

Ah, mas vc ainda dá risada desse mico??...rs

Só vc mesmo! Mas ele escreveu de um jeito que só tendo bola de cristal pra saber que é a esposa....hahhaha

Lu, obrigada por visitar minha amiga Biula. De coração, agradeço as orações e toda força que lhe passou.

O caso do Pedrinho é grave, infelizmente. Vamos orar e torcer muito por ele.

Beijooo

Maria Amélia disse...

Que viagem emocionante! Passar por um local com significado tão especial deve ser incrível. Obrigada pela visita. gd beijo. Mamélia

Anônimo disse...

Cara Colega Silvana,

Você está corretíssima em sua assertiva sobre a separação do Estado e Igreja. É exatamente esse o objetivo da tese, haja vista que atualmente temos apenas um simulacro de laicidade estatal, porquanto sabemos que o Brasil, assim como praticamente todos os países do ocidente, sofreram uma ingerência direta de determinado Poder Religioso por quase dois milênios, e resquícios disso ainda prevalecem, infelizmente.

Como advogado nas áreas público-privada, deparo-me com inúmeras questões desse jaez que são absolutamente ignoradas pelo Estado, apesar de ele se dizer laico e garantir na Constituição o seguinte:

"é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias" (artigo 5º, inciso, VI, da CF).

O Texto constitucional, disciplina, também, que:

"ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei"(artigo 5º, inciso, VIII, da CF).

Apesar disso, a Justiça brasileira não respeita essa máxima (de que Estado deve ser formal e materialmente laico, não podendo, pois se misturar com a Religião, ou defender uma em detrimento das demais), haja vista o cerceamento de vários direitos fundamentais de milhões de pessoas que têm se valido das garantias constitucionais supra expostas em relação a inúmeros assuntos, e são completamente ignoradas, com o indeferimento de seus pedidos legítimos, os quais serão objeto de minhas pesquisas.

Assim, concordando mais uma vez com você em sua afirmação, coloco-me à disposição, inclusive para receber suas opiniões que, decerto, serão de grande valia para meus estudos. Atenciosamente, ADILSON DE CASTRO (Marido de Maria Lúcia - asas da imaginação- para não ter dúvida alguma)

Anônimo disse...

Amada irmã pensei que estivesse viajando também estou com muita saudade de vcs.Estou sempre passando por aqui atenta em tudo que você discreve a cerca de NOSSO AMADO E PRECIOSO SENHOR JESUS penso que se toda humanidade ao invés de ler livros e mais livros que conta experiencias pessoais e outros e lessem a verdadeira história de amor que é a vida e a obra DO SENHOR JESUS seu PAI AMADO não teriam duvida de que a verdadeira adoração e paz esta naqueles que se inspiram com o seus caminhos.Que o nosso bom DEUS E PAI continui a inspirar você e toda sua casa a propagar tão glorioso caminho.Beijos Joelma

Priscila Ferreira disse...

Oi Maria Lúcia!
Sem dúvida os sentimentos devem vir a tona em um lugar como este...
Uma mistura de emoção e alegria por poder compartilhar de um local histórico!
Sem dúvida um momento especial e completamente inesquecível! Obrigada por compartilhar conosco, porque eu nem imaginava que se pudesse visitar este local!!
Bjuuu
Pri